terça-feira, 8 de novembro de 2016

Auditório do Ibirapuera recebe o Rapper Dexter em Novembro



O Rapper Dexter sobe ao palco do Auditório Ibirapuera para apresentar ao público, seu segundo cd da carreira solo: o Flor de Lótus,. Será no dia 13 de novembro, às  19 horas, com ingressos a partir de R$ 10.

Um espetáculo que tem sua narrativa em linha do tempo, incluindo as respectivas participações especiais: Péricles, Edi Rock, Gilson, Kamau,Gregory, entre outros. Em uma experiência única onde o público poderá se sentir parte da história real de Dexter antes e após exílio. 


Flor de Lótus.

Lançado em setembro de 2016, com 14 faixas, incluindo cinco inéditas, o disco foi produzido por um time de peso: DJs Cia, Caique e Blood, Lakers e Pá, Bruno Zanardi  e conta com grandes participações: Ed Motta, Edi Rock, Gilson, Katinguelê, Péricles, Gregory, Kamau, e muito mais. Nas músicas, ele não deixa de falar do tema recorrente de suas letras, a contestação ao sistema, além de tratar do amor de mãe, amizade, escolhas, arrependimento, perdão, fé, renascimento, recuperação e
superação.

A inspiração para o nome do álbum é a lendária Flor de Lótus, que cresce em busca de luz e se mantém viva dentro da água parada e lodosa. Segundo o rapper, uma realidade nada diferente da que milhares de pessoas vivem: “Posso ver em muitas pessoas a essência da Flor de Lótus. Quantos dos nossos surgem e triunfam dentro do lodo, batalham para colocar o alimento dentro de casa e ainda assim, diante das dificuldades, garantem o sorriso de seus filhos,” conclui.

O álbum apresenta, em ordem cronológica, músicas que falam de dois períodos de sua vida: o antes e o depois do exílio, como ele prefere chamar o tempo que esteve privado de sua liberdade. 
A Produção Executiva e Coordenação Artística ficou por conta do próprio Rapper. Direção Geral de Wilson Souto Jr, presidente da ABMI (Associação Brasileira de Música Independente) e Direção Executiva de Ana Maria T. Mendes. O disco  é distribuído pela Atração Fonográfica.

Informações do Show:

Show do Dexter – apresentação do disco Flor de Lótus
Data:  domingo, 13 de novembro de 2016 
Local: Auditório do Ibirapuera
Endereço: Av. Pedro Alvares Cabral, s/n - Portão 2 - Parque Ibirapuera
Horário: 19h 
Duração: 90 minutos
Preço: R$ 10 a R$ 20
Informações por  e-mail: info@auditorioibirapuera.com.br
Capacidade: 806 lugares
Classificação Indicativa: 12 anos

Fonte: Assessoria de Imprensa

"Um Amor de Vinil" estréia dia 11 de Novembro no Teatro Raul Cortez



A partir do dia 11 de Novembro o Teatro Raul Cortez recebe em seus finais de semana a Peça Musical "Um Amor de Vinil". O romance conta a história de Amanda e Maurício, personagens muito diferentes que se envolvem embalados por 22 clássicos da música popular brasileira. Composições presentes no imaginário do público. Canções de Isolda, Antônio Marcos, Milton Nascimento, Lulu Santos, Tavito, Ivan Lins, Caetano Velloso, entre outros, sucessos na voz de intérpretes como: Roberto Carlos, Fagner, Marisa Monte, Erasmo Carlos, etc.

Dona de uma loja de discos de vinil, que sobreviveu até ao auge do CD, Amanda, é uma animada e bem-humorada proprietária que nunca chegou a se ligar, de verdade, a homem algum. Maurício é um dos seus clientes mais fiéis, que se diverte com ela, da mesma forma em que é extremamente fiel à mulher. Mas os dois acabam se envolvendo a partir do interesse em comum pela música. Martinho, interpretado pelo ator e músico Marco Gérard, faz a transição das emoções e sentimentos, através das canções. “Flávio foi muito feliz na escolha do repertório, ele resgatou e misturou pérolas brasileiras bem antigas com trilhas mais modernas. Todo o contexto musical é de extrema importância para trama e é por isso que estou transformando alguns arranjos e “dando uma nova vestimenta” às músicas”, conta Liliane Secco, diretora musical.

Um Amor de Vinil fala do cuidado que devemos ter com a nossa memória”, define Flávio Marinho, que completa 30 anos de carreira e já dirigiu 76 espetáculos, escreveu 23 peças originais, adaptou 19 e traduziu 23 textos. Atualmente é coautor com Miguel Falabella do seriado “Brasil a Bordo”. Flávio colaborou em 23 programas de TV na Globo, foi roteirista de 12 shows como os de Francis e Olívia Hime e teve 19 livros publicados.


“A direção coreográfica é baseada nas relações dos personagens e nas musicas que contam a estória deles, trabalhando e estimulando sugestões corporais dos atores para tentar estabelecer uma ligação fluida entre a cena teatral e uma gestualidade mais elaborada”, conta Marina Salomon, coreógrafa do espetáculo. O cenário, de Carlos Alberto Nunes, se apropria da temática e utiliza os discos de vinil para a construção de objetos que compõem a ambientação da loja de Amanda. “Não criei nada além do que o texto pede, mas dei um toque vintage que é a cara da peça”, conta o cenógrafo. Completam a equipe: Ticiana Passos, no figurino e o iluminador Paulo Denizot.


Estreia dia 11 de Novembro de 2016
Temporada: até 18 de Dezembro

Teatro Fecomércio - Sala Raul Cortez (512 lugares)
Rua Dr. Plínio Barreto 285 – Bela Vista
Informações: 3254.1631
Bilheteria: terça a quinta das 14h às 20h; sexta a domingo a partir das 14h. Aceita todos os cartões de débito e crédito. Não aceita cheque. Ar condicionado e acesso para deficientes. Estacionamento do teatro: R$ 20
Vendas: (11) 2626-5286 – www.compreingressos.com

Sexta às 21h30 | Sábado às 21h | Domingo às 17h
Ingressos: R$ 80

Duração: 75 minutos
Recomendação: 12 anos
Gênero: musical

Ficha Técnica:

Texto: Flávio Marinho
Direção: André Paes Leme 
Direção musical: Liliane Secco
Música tema: Liliane Secco e Flávio Marinho 
Elenco: Françoise Forton e Mauricio Baduh
Ator / músico: Marco Gérard
Cenário: Carlos Alberto Nunes
Figurinos: Ticiana Passos
Iluminação: Paulo Denizot
Direção coreografica: Marina Salomon
Programação visual: Felipe Braga
Fotografia: Pedro Murad
Assessoria de Imprensa: Morente Forte
Direção de Produção: Elaine Moreira
Produção: Barata Comunicação

Informação: Assessoria de Imprensa